PALESTRA – Dor na coluna e o trabalho

Dor na coluna e o trabalho

O que não te contaram…

A dor lombar é considerada a principal causa mundial de incapacidade, além de ser também a principal causa de afastamentos no trabalho no Brasil. Acarreta sofrimento aos colaboradores, além de custos elevados a empresa, e ao sistema previdenciário e assistencial de saúde. Se você é gestor de uma grande empresa, sabe que nada disso é novidade. O grande problema é que as empresas continuam investindo em soluções pouco efetivas. Houveram muitas mudanças em relação ao tratamento e prevenção da dor na coluna no ambiente de trabalho, porém essas novas informações ainda não chegaram no ambiente empresarial.

Quer um exemplo?

A ciência nos mostra que o repouso e o afastamento do trabalho são contraindicados no caso de dor lombar. Essa não é uma novidade, já que os estudos sobre isso existem há mais de 20 anos! Indivíduos que tratam sua dor na coluna com repouso desenvolvem mais dor, tem uma recuperação menos favorável, ficam mais incapazes de se movimentar e permanecem mais tempo afastados do trabalho, obviamente, gerando mais custos para a empresa (Deyo RA et al, 1986; Malmivaara A et al, 1995; Hagen KB et al, 2010)!

Além deste exemplo existem diversas intervenções para prevenir ou tratar a dor na coluna que se mostraram ineficazes no ambiente de trabalho, mas continuam sendo repetidamente utilizadas. Ou seja, além da empresa perder um bom colaborador por longos períodos ainda possui um gasto desnecessário, e muitas vezes excessivo, com algo que comprovadamente não funciona.

O que fazer para resolver esse problema?

A solução mais simples é educar colaboradores e gestores, apresentando de forma clara o que funciona e o que não funciona atualmente na prevenção e recuperação da dor lombar no trabalho, através de soluções simples e eficazes que diminuam os custos da empresa.

Para este fim, foi desenvolvida a palestra “Dor na coluna e o trabalho”.

ATENÇÃO! Esta não é uma palestra sobre ergonomia.

DÚVIDAS E AGENDAMENTOS