Influência do quadril na dor lombar: Fato ou Mito?

Dada a relação biomecânica entre as articulações do membro inferior e a coluna (especialmente o quadril por dividir múltiplas inserções musculares), existiria uma relação entre as mesmas para potencial contribuição para a dor lombar (1, 2).

Muitos estudos transversais apresentam evidências de diminuição de amplitude de movimento e fraqueza no quadril de indivíduos com dor lombar, sugerindo que existe uma associação entre os mesmos (3 – 15).

É a Síndrome Quadril-Coluna (The Hip Spine Syndrome), onde existiria influência de uma articulação patológica do quadril no alinhamento da coluna e no comprimento muscular e forças articulares subsequentes (16).

Mas será que existem evidências para embasá-la na prática clínica?

Revisão sistemática com meta-análise demonstrou o efeito de intervenções fisioterápicas no quadril em pacientes com dor lombar. Seis artigos com um total de 387 participantes foram incluídos na revisão e na metanálise. As intervenções incluídas foram a hidroterapia, terapia manual e cinesioterapia (17).

As intervenções fisioterapêuticas, direcionadas ao quadril em pacientes com dor lombar, não resultaram em reduções estatisticamente significativas na dor ou na incapacidade.

Todos os estudos tinham um alto risco de viés, de acordo com a ferramenta de mensuração de viés da Cochrane, o que sugere que os resultados individuais de cada estudo são superestimados.

Apesar da hipótese da síndrome quadril coluna ser muito plausível biologicamente, ainda estamos muito longe de descobrir se realmente intervenções no quadril podem afetar positivamente os pacientes com dor lombar, de acordo com as evidências atuais.

Acredito que no futuro subgrupos de intervenções de quadril para pacientes com dor lombar será delineado, mas para isso, são necessárias pesquisas de melhor qualidade.

Mantenha-se atualizado sobre biomecânica e controle motor da coluna, recebendo as novidades por email! Clique aqui para se cadastrar.

REFERÊNCIAS

1 McGregor AH, Hukins DW. Lower limb involvement in spinal function and low back pain. J Back Musculoskelet Rehabil. 2009;22(4):219-22.

2 Reiman MP, Weisbach PC, Glynn PE. The Hip’s Influence on Low Back Pain: A Distal Link to a Proximal Problem. J Sport Rehabil. 2009 Feb;18(1):24-32.

3 Amabile AH, Bolte JH, Richter SD (2017) Atrophy of gluteus maximus among women with a history of chronic low back pain. PLoS ONE 12(7): e0177008.

4 Mellin G. Correlations of hip mobility with degree of back pain and lumbar spinal mobility in chronic low-back pain patients. Spine (Phila Pa 1976). 1988 Jun;13(6):668-70.

5 Ellison JB, Rose SJ, Sahrmann SA. Patterns of hip rotation range of motion: a comparison between healthy subjects and patients with low back pain. Phys Ther. 1990;70(9):537–541.

6 Chesworth BM, Padfield BJ, Helewa A, Stitt LW. A comparison of hip mobility in patients with low back pain and matched healthy subjects. Physiother Can. 1994;46(4):267–274.

7 Cibulka MT, Sinacore DR, Cromer GS, Delitto A. Unilateral hip rotation range of motion asymmetry in patients with sacroiliac joint regional pain. Spine. 1998;23(9):1009–1015.

8 Sjolie AN. Low-back pain in adolescents is associated with poor hip mobility and high body mass index. Scand J Med Sci Sports. 2004 Jun;14(3):168-75.

9 Vad VB, Bhat AL, Basrai D, Gebeh A, Aspergren DD, Andrews JR. Low back pain in professional golfers: the role of associated hip and low back range-of-motion deficits. Am J Sports Med. 2004;32(2):494–497.

10 Gombatto SP, Collins DR, Sahrmann SA, Engsberg JR, Van Dillen LR. Gender differences in pattern of hip and lumbopelvic rotation in people with low back pain. Clin Biomech (Bristol, Avon). 2006 Mar;21(3):263-71

11 Harris-Hayes M, Sahrmann SA, Van Dillen LR. Relationship between the hip and low back pain in athletes who participate in rotation-related sports. J Sport Rehabil. 2009 Feb;18(1):60-75.

12 Van Dillen LR, Bloom NJ, Gombatto SP, Susco TM. Hip rotation range of motion in people with and without low back pain who participate in rotation-related sports. Phys Ther Sport. 2008 May;9(2):72-81.

13 Hoffman SL, Johnson MB, Zou D, Van Dillen LR. Sex differences in lumbopelvic movement patterns during hip medial rotation in people with chronic low back pain. Arch Phys Med Rehabil. 2011 Jul;92(7):1053-9.

14 Almeida GP, de Souza VL, Sano SS, Saccol MF, Cohen M. Comparison of hip rotation range of motion in judo athletes with and without history of low back pain. Man Ther. 2012 Jun;17(3):231-5

15 M.J. Comerford and S.L. Mottram. Movement and stability dysfunction-contemporary developments. Man Ther 6 (2001), 15-26.

16 Offierski CM, McNab I. Hip-spine syndrome. Spine. 1983;8:316–321.

17 Bernet BA, Peskura ET, Meyer ST, Bauch PC, Donaldson MB. The effects of hip-targeted physical therapy interventions on low back pain: A systematic review and meta-analysis. Musculoskelet Sci Pract. 2019 Feb;39:91-100.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s