Mobilidade do quadril. Fator de risco para dor lombar inespecífica?

A relação de interdependência regional (1) proposta entre alterações no quadril com influência na dor lombar foi fundamentada através de inúmeros estudos transversais (2-12). Sugeriu-se até um nome para essa disfunção: Síndrome Quadril-Coluna (The Hip Spine Syndrome), onde a articulação do quadril teria influência biomecânica no alinhamento da coluna, no comprimento muscular e forças articulares subsequentes, podendo ser um fator de risco para a dor lombar (13, 14,15).

Nos pacientes com dor lombar inespecífica, a diminuição de amplitude de movimento (ADM) em extensão e/ou rotação, além de assimetrias de ADM entre um lado e outro do quadril estariam associadas a dor lombar (2-12).

Um estudo clínico randomizado (16), mostrou que indivíduos com amplitude limitada de quadril e dor lombar crônica inespecífica, melhoraram a dor após um programa de alongamentos passivos do quadril. Apesar de promissor, o estudo em si é único, e não tinha grupo placebo ou cegamento, o que é um fator de viés dos resultados. Além disso, a base teórica da “Síndrome Quadril-Coluna” com o foco na dor lombar inespecífica carece de artigos longitudinais para confirmar associação mais significativa à longo prazo.

A falta de mobilidade do quadril é um fator de risco na dor lombar inespecífica? É provável que sim.

Podemos bater o martelo e encerrar o assunto? É provável que não.

Segue o jogo.

E duas semanas será lançado o novo curso “Controle Motor e Dor Lombar – Critérios Gerais de Prescrição”, onde falarei mais sobre esse e outros assuntos. Clique aqui para receber o pré-lançamento antes de todo mundo!

Aprenda a ter um raciocínio científico na prescrição de exercícios para seus pacientes com dor lombar. Conheça a proposta de formação da dor lombar baseado em evidências. Clique aqui para conhecer os cursos.

REFERÊNCIAS

1 Wainner RS, Whitman JM, Cleland JA, Flynn TW. Regional interdependence: a musculoskeletal examination model whose time has come. J Orthop Sports Phys Ther. 2007;37(11):658–660.

2 Mellin G. Correlations of hip mobility with degree of back pain and lumbar spinal mobility in chronic low-back pain patients. Spine (Phila Pa 1976). 1988 Jun;13(6):668-70.

3 Ellison JB, Rose SJ, Sahrmann SA. Patterns of hip rotation range of motion: a comparison between healthy subjects and patients with low back pain. Phys Ther. 1990;70(9):537–541.

4 Chesworth BM, Padfield BJ, Helewa A, Stitt LW. A comparison of hip mobility in patients with low back pain and matched healthy subjects. Physiother Can. 1994;46(4):267–274.

5 Cibulka MT, Sinacore DR, Cromer GS, Delitto A. Unilateral hip rotation range of motion asymmetry in patients with sacroiliac joint regional pain. Spine. 1998;23(9):1009–1015.

6 Sjolie AN. Low-back pain in adolescents is associated with poor hip mobility and high body mass index. Scand J Med Sci Sports. 2004 Jun;14(3):168-75.

7 Vad VB, Bhat AL, Basrai D, Gebeh A, Aspergren DD, Andrews JR. Low back pain in professional golfers: the role of associated hip and low back range-of-motion deficits. Am J Sports Med. 2004;32(2):494–497.

8 Gombatto SP, Collins DR, Sahrmann SA, Engsberg JR, Van Dillen LR. Gender differences in pattern of hip and lumbopelvic rotation in people with low back pain. Clin Biomech (Bristol, Avon). 2006 Mar;21(3):263-71

9 Harris-Hayes M, Sahrmann SA, Van Dillen LR. Relationship between the hip and low back pain in athletes who participate in rotation-related sports. J Sport Rehabil. 2009 Feb;18(1):60-75.

10 Van Dillen LR, Bloom NJ, Gombatto SP, Susco TM. Hip rotation range of motion in people with and without low back pain who participate in rotation-related sports. Phys Ther Sport. 2008 May;9(2):72-81.

11 Almeida GP, de Souza VL, Sano SS, Saccol MF, Cohen M. Comparison of hip rotation range of motion in judo athletes with and without history of low back pain. Man Ther. 2012 Jun;17(3):231-5

12 Nagai T, Abt JP, Sell TC, Keenan KA, Clark NC, Smalley BW, Wirt MD, Lephart SM. Lumbar spine and hip flexibility and trunk strength in helicopter pilots with and without low back pain history. Work. 2015;52(3):715-22

13 Offierski CM, McNab I. Hip-spine syndrome. Spine. 1983;8:316–321.

14 McGregor AH, Hukins DW. Lower limb involvement in spinal function and low back pain. J Back Musculoskelet Rehabil. 2009;22(4):219-22.

15 Reiman MP, Weisbach PC, Glynn PE. The Hip’s Influence on Low Back Pain: A Distal Link to a Proximal Problem. J Sport Rehabil. 2009 Feb;18(1):24-32.

16 Winter S. Effectiveness of targeted home-based hip exercises in individuals with non-specific chronic or recurrent low back pain with reduced hip mobility: A randomised trial. J Back Musculoskelet Rehabil. 2015;28(4):811-25.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close