Postura e dor na lombar. O ínicio

A população – inclusive profissionais de saúde – está habituada com a ideia que a postura corporal é um fator importante para a saúde da coluna lombar.

Na formação do profissional de saúde esse raciocínio é ensinado pelo viés do modelo biomédico, em que o sintoma do paciente depende totalmente de alterações estruturais, ou seja, a manter uma “postura ruim” por muito tempo geraria excesso de uso (tensão ou compressão) das estruturas músculo-articulares da região, que por conseguinte causaria dor. Livros textos clássicos como Músculos, Provas e Funções (o famoso Kendall) reforçaram essa ideia, com seus modelos estáticos mostrando a “postura ideal” (1).

Alguns estudos evidenciam que as curvas sagitais da coluna tem uma influência na relação com a dor lombar (2, 3, 4). Outros mostram que a relação entre as curvas sagitais da coluna e a saúde não são de grande importância (5, 6).

Embora a reabilitação da postura “ideal” da coluna seja um componente comum do manejo clínico de pacientes com dor lombar, a relação direta entre esses dois fatores ainda não está clara (7, 8, 9).

E você, acha que existe relação da postura da coluna com a dor lombar? Deixe sua opinião abaixo. É claro que um assunto importante como esse merece sua devida atenção. Por isso, aguarde mais 4 textos aprofundados sobre o assunto.

Para saber mais sobre postura e dor lombar, não perca o lançamento do novo curso “Controle Motor e Dor Lombar – Critérios Gerais de Prescrição”, em breve. Cadastre-se aqui para ser avisado em primeira mão do lançamento.

Aprenda a ter um raciocínio científico na prescrição de exercícios para seus pacientes com dor lombar. Conheça a proposta de formação da dor lombar baseado em evidências. Clique aqui para conhecer os cursos.

REFERÊNCIAS

1 Kendall FP, McCreary EK, Provance PG, Rodgers MM, Romani WA. Músculos, provas e funções. Manole. São Paulo. 2007

2 Harrison DE, Harrison DD, Troyanovich SJ. Reliability of spinal displacement analysis of plain x-rays: a review of commonly accepted facts and fallacies with implications for chiropractic education and technique. J Manipulative Physiol Ther 1998;21:252-66.

3 Paulk GP, Harrison DE. Management of a chronic lumbar disk herniation with chiropractic biophysics methods after failed chiropractic manipulative intervention. J Manipulative Physiol Ther 2004;27:579.

4 Troyanovich SJ, Harrison DE, Harrison DD. Structural rehabilitation of the spine and posture: rationale for treatment beyond the resolution of symptoms. J Manipulative Physiol Ther 1998;21:37-50.

5 Balague F, Troussier B, Salminen JJ. Non-specific low back pain in children and adolescents: risk factors. Eur Spine J 1999; 8:429-38.

6 Ames RA. Posture in the assessment, diagnosis and treatment of chronic low back pain. J Aust Chiropr Assoc 1985;15: 21-31.

7 Scannell J, McGill S. Lumbar posture – should it, and can it, be modified? A study of passive tissue stiffness and lumbar position during activities of daily living. Physical Therapy 2003, 83:907-917.

8 O’Sullivan P. Diagnosis and classification of chronic low back pain disorders: maladaptive movement and motor control impairments as underlying mechanism. Man Ther 2005, 10:242-255.

9 Laird RA, Gilbert J, Kent P, Keating JL. Comparing lumbo-pelvic kinematics in people with and without back pain: a systematic review and meta-analysis. BMC musculoskeletal disorders. 2014;15:229.

2 comentários em “Postura e dor na lombar. O ínicio

  1. Excelente postagem Bruno, como de costume rs.

    Como profissional da Educação física sempre me pego, não só na prescrição de atividades para pessoas com dor lombar, mas para todos meus clientes de modo geral, nesse grande dilema entre manter um olhar para aquilo que me foi “vendido” como correto, com diversos autores comprovando essa ou aquela abordagem para um sem número de acometimentos, e buscar dentro de mim um estado de presença atenta e entregue, que olha pro ser humano que está à minha frente e escuto com interesse e atenção aquilo que ele tem a me dizer.
    Grato pelas excelentes reflexões de sempre e pelo ótimo embasamento teórico para pautar suas reflexões.

    Curtir

    1. Agradeço pelo comentário Leonardo. Também tenho esse dilemas as vezes. Continue sempre comentando! Grande abraço

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close